Coordenador-geral do Prolinfo/UPE participa de Jornada Internacional de Lexiculturologia promovida por universidade portuguesa

O coordenador-geral do Programa de Línguas e Informática da Universidade de Pernambuco (Prolinfo), Carlos Silva, integra a programação oficial da I Jornada Internacional de Lexiculturologia promovida pela Universidade Nova de Lisboa (Portugal).

Na quinta-feira (02/12), a partir das 11h (horário de Brasília), o docente do Campus Mata Norte apresentará o trabalho intitulado “Afinal, o que significa 'conhecer uma palavra'?”.

Léxico é o conjunto de palavras existente em um determinado idioma. O evento português representa, segundo a instituição organizadora, "um fórum científico anual de apresentação, desenvolvimento, aprofundamento, consolidação e expansão das questões de investigação, formação e ensino referentes à lexicultura – isto é, a cultura implícita no léxico – numa perspetiva intra, pluri, inter e/ou transdisciplinar".

Baseado em estudos lexicológicos e na abordagem lexical, o professor Carlos Silva divulga trabalhos em diversos congressos científicos dentro e fora do Brasil, defendendo tese sobre a lexicalização das línguas vivas, um movimento alternativo à concepção tradicional de uma língua vista a partir da sua gramaticalização.

Segundo o professor, estudos sobre o léxico das línguas iniciados na década de 1970 na Europa e nos Estados Unidos apontam para itens ou padrões fraseológicos que se encontram subjacentes às estruturas das línguas vivas.

"Estudos mais recentes que chegam ao Brasil defendem a necessidade de olharmos mais para padrões lexicais da língua portuguesa, minimizando o histórico protagonismo assumido pela gramática no processo de ensino-aprendizagem de línguas no país, fato que impacta diretamente na formação inicial e continuada de professores e nas metodologias aplicadas em sala de aula", afirma o coordenador-geral do Prolinfo.

Instituição criada em 2002, o Prolinfo contribui para a qualificação dos professores e servidores da própria Universidade de Pernambuco, assim como o público externo interessado em aprender novos idiomas, informática e computação gráfica.

Evento preparatório do VI Simpósio do Complexo Hospitalar da UPE debate os novos desafios no combate à Covid-19

Com transmissão pelo YouTube (bit.ly/3w9CTI0), o debate virtual "Covid-19 - Dois anos após: Onde estamos agora e aonde devemos ir?" será realizado na segunda-feira (6) reunindo dois especialistas em infectologia da Universidade de Pernambuco e uma epidemiologista convidada, integrante do Observatório Covid-19 BR.

O evento integra a programação prévia do VI Simpósio do Complexo Hospitalar da UPE, que acontecerá nos dias 6 a 9 de abril de 2022, em formato híbrido (presencial e virtual).

Por uma hora e meia, os médicos Demócrito de Barros Miranda Filho (professor do Programa de Pós-graduação em Ciências da Saúde da Faculdade de Ciências Médicas), Demetrius Montenegro (coordenador da Clínica de Doenças Infecto-parasitárias do Hospital Universitário Oswaldo Cruz) e Maria Amélia de Sousa Mascena Veras (coordenadora do Programa de Doutorado em Saúde Coletiva da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo) abordarão questões como o avanço da vacinação e o surgimento de novas variantes da doença.

A série de palestras começará às 11h, tendo como princípio o tema do simpósio, que é "Saúde Digital: Desafios e Oportunidades". O evento de segunda-feira terá a coordenação e moderação das médicas Isly Lucena e Paula Loureiro, vinculadas ao Complexo Hospitalar da UPE.

Para o VI Simpósio, os trabalhos científicos devem ser enviados para avaliação até 15 de fevereiro de 2022. O edital e as instruções para submissão estão disponíveis no site http://www.simposioch.upe.br/.

O evento é voltado para os servidores técnico–administrativos, docentes e discentes do Complexo Hospitalar e de toda a UPE, mas também é aberto ao público externo em geral.

Os temas abordados e que serão publicados posteriormente nos anais do evento envolvem as áreas da Saúde, Enfermagem, Saúde Coletiva, Medicina, Odontologia, Farmácia, Nutrição, Fonoaudiologia, Fisioterapia, Terapia Ocupacional, Psicologia, Educação Física, Ciências Biológicas, Biomedicina e Educação em Saúde.

Professores e alunos da Esef apresentam trabalhos e são premiados durante 12º edição do Congresso Brasileiro de Gestão do Esporte

Professores e alunos do grupo de pesquisa da Escola Superior de Educação Física da Universidade de Pernambuco (ESEF/UPE), “Grupo de Pesquisa em Esporte e Gestão - GEquip” apresentaram dez estudos durante o “12º edição do Congresso Brasileiro de Gestão do Esporte”, realizado entre os dias 23 e 27 de novembro. O evento aconteceu de forma remota.

Durante o congresso, o grupo da UPE recebeu o Prêmio José Maurício Capinussú de Souza, premiação concedida a Instituição que teve o maior número de trabalhos aprovados e apresentados durante o Congresso Brasileiro de Gestão do Esporte.

O GEquip também recebeu o prêmio de 2º colocado no Prêmio Lamartine da Costa, que premia as melhores Comunicações Orais no Congresso, com o título “Influência dos motivos nas intenções de compra nos esports no Brasil” apresentado pelo acadêmico do curso de Bacharelado em Educação Física, Ivens Cordeiro Alves. 

Leia mais...

Professor e alunos do curso de Engenharia de Software campus Garanhuns participam de reunião sobre o programa Centelha 2

Na manhã desta segunda (29/11) o professor do campus Garanhuns da Universidade de Pernambuco Ivaldir Junior reuniu alunos do curso de Engenharia de Software para participar de um encontro com o gestor de ciência e tecnologia, Claudio Abreu e o assistente em ciência e tecnologia, Wesley Lopes, membros da Diretoria de Inovação da FACEPE.

O foco da reunião foi promover mais uma rodada de divulgação dos principais pontos do Edital Centelha 2. O edital ficará aberto para submissões até o dia 03/01/2022.

“Foi um momento bastante proveitoso para ampliarmos e melhorarmos o leque de submissões para o programa Centelha”, destacou o professor Ivaldir Junior. 

Leia mais...

SSA deve passar por mudanças a partir 2022

A Comissão Permanente de Concursos Acadêmicos da Universidade de Pernambuco (CPCA/UPE) informa que o Sistema Seriado de Avaliação (SSA) deve passar por mudanças a partir de 2022. As regras se iniciam com a primeira fase (SSA1). Já o SSA2 e SSA3 permanecem no modelo atual. Uma das mudanças é a divisão por área de conhecimento (inguagens, matemática, ciências da natureza e ciências humanas e sociais).

O novo formato do SSA será implantado progressivamente, de acordo com as normas do edital/manual do candidato a ser divulgada a cada ano, acompanhando a implementação anual do Novo Ensino Médio no Estado e estará baseado nas Diretrizes Curriculares Nacionais e no Currículo do Estado de Pernambuco para o Ensino Médio.

NOVO MODELO SSA

RESOLUÇÃO CONSUN